O rio, o mar e os barcos em Maragogi

Continuamos em Maragogi, no estado de Alagoas. Hoje a gente vai conhecer uma outra parte da praia, onde há manguezais e o encontro de um rio com o mar. Foz do Rio dos Paus, é pra lá que nós vamos.

O rio, que era chamado Ojebire pelos índios Caetés que habitavam a região antes da chegada dos europeus, ganhou o nome que tem hoje por causa da vegetação que há ao redor da saída das águas para a praia, essa vegetação seca durante os meses de calor e a gente tem uma impressão de que ali tem muita madeira ressecada: “paus”.

Essa área está inserida na Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais que vem desde o litoral sul de Pernambuco e chega quase até a capital de Alagoas, numa extensão de cerca de 120 km de praias e manguezais. Por isso há sempre algumas rusgas entre proprietários de terrenos e a justiça.

Recentemente, houve prisões aí mesmo na praia, por que empresários estariam usando pedras pra desviar o curso do Rio dos Paus.

É importante que existam formas de se garantir a preservação da natureza, pois o Rio dos Paus ajuda a garantir a sobrevivência da economia da região.

Os pescadores, que tiram o sustento de suas famílias com a pesca e a caça de mariscos e empresários que oferecem serviços de passeios de barcos até a área dos arrecifes de corais, que ficam a cerca de 6 km mar adentro e são o principal atrativo turístico de Maragogi.

Se o equilíbrio natural for prejudicado, perde todo mundo, os pescadores e até mesmo os empresários, afinal de contas, obviamente, ninguém vai mais querer visitar piscinas naturais, nadar entre os peixes e curtir passeios de barco se os corais forem destruídos, não é?

E por falar em passeios de barcos, bem pertinho dali, há um ponto onde ficam as embarcações que levam os turistas pro alto-mar, pra curtir as famosas piscinas naturais. A gente pode observar barcos saindo e chegando com turistas.

Algumas embarcações são maiores e tem uma boa estrutura de conforto, mas também é possível fazer o passeio de lancha ou barcos menores. Atenção por que é preciso procurar com antecedência as empresas que exploram esses serviços, por que em certas épocas do ano a demanda é muito grande.

Num passeio pela foz do rio  você pode caminhar entre as poções de areia e pequenas piscinas que se formam quando a maré baixa. Se não tiver condições de subir num dos barcos e fazer o passeio à área dos corais, pode observar o movimento pela praia.

Só é recomendado ter muita atenção pra não ir sozinho a locais mais distantes, pois a maré pode subir rapidamente, dificultando a passagem pelo rio de um lado pro outro.

Não deixe de conhecer mais um belo ponto da região de Maragogi, vale muito a pena.

Participe da conversa com seu comentário: